sexta-feira, 12 de agosto de 2011

A ESCOLA DOMINICAL EO PROFESSOR

E ESCOLA DOMINICAL E O PROFESSOR

O professor é peça fundamental no processo de ensino nas escolas dominicais, a maioria deles exercem suas funções de forma voluntária; e para que as suas aulas ornem mais interessantes é preciso: Siga os passos abaixo

 



01º - ORAR – pedindo a Deus direção, revelação, iluminação, inspiração para uma compreensão melhor da Lição.
A - Direção – isto é, o rumo que deve tomar para atingir os objetivos da lição, os objetivos devem ser aplicado primeiro na vida do professor, depois na vida dos alunos. 
B - Revelação ICo.2:10 é a ação de Deus que nos faz conhecer, parte das escrituras, até então desconhecidas.
C - iluminação Ef.1:18 1Co. 2.12 é a ação do Espirito Santo, que nos ilumina a entender aquilo que nos foi revelado.
D - Inspiração 1Co. 2.13 é a ação do Espirito Santo que nos da unção para Ensinar aquilo que nos foi revelado e iluminado.

02º - INTERPRETAR- ou seja, descobrir o foco principal da lição, procurar intender o que o escritor quer transmitir.
Exemplo.
Com a interpretação dos textos da lição, o professor irá descobrir outros objetivos da lição, a sua aplicação, e o efeito nos alunos. E traduzir o texto, as palavras difíceis para a linguagem do aluno.

03º - INTRODUZIR – é a parte mais importante da aula para o professor.
Através dela os alunos assimilarão o conteúdo a ser estudado. O professor poderá usar a própria introdução da lição, ou pode ele mesmo fazer a introdução em forma de preleção. É importante o professor recitar o tema da Lição porque é exatamente o conteúdo a ser desenvolvido, dentro da introdução o seria bom o professor enfatizar os tópicos principais da lição que são as divisões básica do conteúdo.
- O professor deve dar vida entusiasmo ao tema e os tópicos, Isso ira despertar interesse nos alunos, pois a partir daí eles terão uma visão panorâmica do assunto a ser discorrido. 

04º - LER – Ao ler a lição na classe, leia de maneira audível e pausadamente, respeitando as vírgulas, acentos gráficos, pontos e parágrafos.
Uma leitura errada trará prejuízo ao aprendizado, alem de desvirtuar a direção da lição, e dá impressão que o professor não estudou. E o aluno não irá mais acreditar na capacidade do professor.
- O professor deve habituar-se a ler com calma em casa, e se possível repetir as palavras mais difícil que aparece na lição.
-         O Professor deve ler todas as referencias bíblicas que aparece na lição durante a semana, ler o texto e contexto.
-         O professor deve pedir aos alunos durante a aula para ler as referencias bíblicas quando necessário, isso é bom para os alunos participar mais das aulas.

05º - TER – Ao estudar a lição o professor precisa Ter em mãos.
- Um dicionário da língua portuguesa, para verificar o significado das palavras difíceis que aparece na lição, de maneira gramatical.
- Um dicionário de teologia, para verificar o sentido da palavra de maneira teológica.
Exemplo.

6º - UTILIZAR – Os subsídios contidos na bíblia de estudo pentecostal,
A própria lição fornece uma biografia, que muito ajudará a rechear a aula, com ilustração fatos do momento, experiência próprias etc.
- O Professor precisa saber usar esses subsídios, relacionando-os de acordo com o conteúdo da lição.
Exemplo.
Testemunho, parábola, fato do dia a dia.

07º - PESQUISAR – O professor precisa usar-se da pesquisa.
Em bons livros, revistas, jornais, isso irá capacita-lo, só que é preciso Ter cuidado com Certos tipos de literatura, é aconselhável a pesquisar livros que segue a nossa linha doutrinária, a CPAD.

2 comentários:

JCavalheiro disse... [Responder comentário]

A Paz do Senhor Pr. Maurício!

Muito boas suas dicas sobre a Escola Bíblica Dominical. Gosto muito também da EBD e tenho sempre procurado também postar alguns comentários para a EBD. Suas dicas, com certeza ser-me-ão úteis.
Obrigado por sua visita e comentário em meu blog. Poderá sempre dispor e fazer uso do mesmo.

Que Deus continue a lhe abençoar neste bom propósito de enriquecer a EBD.

Abraços de seu irmão em Cristo....

Pr. João Q. Cavalheiro
www.aramasi.blogspot.com

PR MAURICIO BRITO disse... [Responder comentário]

JCavalhiro, muito obrigada pelas palavras de incentivos.

Postar um comentário

Todo comentário deve seguir os critérios: estar relacionado ao assunto, ter identificação do comentarista e mesmo assim passa pelo nosso crivo daí decidiremos se devem ser publicados ou não.