quinta-feira, 14 de outubro de 2010

PARABENS AO PASTOR SILAS MALAFAIA

PASTOR SILAS MALAFAIA NO PROGRAMA DO RATINHO DIA 13-10-2010; DEU UM SHOW, SOBRE A QUESTÃO DO ABORTO, E MAIS CRITICOU INDIRETAMENTE A CANDIDATA DILMA ROUSSEFF; PELA SUA POSIÇÃO DUBIA. PARABENS AO PASTOR SILAS MALAFAIA








O PASTOR MALAFAIA TEM A SUA POSIÇÃO DEFINIDA NAS QUESTÕES POLEMICAS, COMO: ABORTO, HOMOSSEXUALISMO ETC. EM RELAÇÃO AO ABORTO O PASTOR SILAS CITOU PESQUISAS AMERICANA PARA DAS SUSTENTABILIDADE A SUA FALA“Pesquisas nos Estados Unidos revelam que as mulheres que abortam estão sete vezes mais propensas ao suicídio. De 30 a 50% delas passam a ter disfunção sexual; 65% são acometidas de depressão; e ainda estão três vezes mais propensas à internação psiquiátrica”.

RATINHO PERGUNTA:  Por que o senhor é contra a legalização do aborto?

MALAFAIA RESPONDE: A sociedade rejeita o aborto, porque 99% dos casos são fruto de promiscuidade e irresponsabilidade. O ser que está numa mulher não é um prolongamento do corpo dela. Na gestação, o agente ativo é o feto, e o passivo, a mulher. É o feto que regula o líquido amniótico, e em alguns casos é ele que determina quando vai nascer.

Ratinho: Eu nunca tinha pensado por esse ângulo. Ninguém nunca tinha me dado uma resposta assim.
Pr. Silas: Tem uma frase que as feministas gostam de usar: 'Toda mulher pode determinar sobre seu próprio corpo'. Determinar indica responsabilidade. Mas o aborto é um ato de irresponsabilidade, pois o feto não é corpo da mulher. Ela não tem o direito de determinar sobre aquela vida [o feto] assim como pode determinar sobre cortar um cabelo ou uma unha do próprio o corpo. Não podemos apoiar qualquer tipo de argumento para o aborto. Geralmente as mulheres apelam para a prática abortiva por causa de pressão familiar, de namorado e amigos.

Ratinho: Um médico pergunta se o senhor é contra o aborto mesmo em caso de estupro ou de risco de morte da mulher?
Pr. Silas: Risco de morte é outra questão. É preciso dar preferência de vida. Já estupro, eu sou contra. Se não tem condições de criar, leve para a adoção.

Ratinho: Um internauta diz que é a favor do aborto porque cada um faz o que quiser da sua vida.
Pr. Silas: O feto não é prolongamento do corpo da mulher. Então não pode fazer [o que quiser com o feto]. O aborto é a coisificação da vida. Há uma inversão de valores. Devíamos amar as pessoas e usar as coisas. Mas estamos amando as coisas e usando as pessoas.

Ratinho: Outro internauta diz que é a favor, porque, se é ilegal, é problema da mulher que abortou.
Pr. Silas: Então faz o seguinte: tira as portas e as janela das casas. Assim facilita o roubo. Libera o aborto, e a sociedade vira uma bagunça. Toda a sociedade que não tem limites se autodestrói. O problema é que temos uma síndrome. Como passamos por um período de ditadura, tudo o que colocamos limites é qualificado como ditadura. Mas tem de haver limites.

Ratinho: O jornal O Dia publicou uma foto dos 600 outdoors que o senhor espalhou pelo Rio de Janeiro. Nele, está escrito: “Em favor da família e preservação da espécia humana. Deus fez macho e fêmea”. O senhor é contra os gays?
Pr. Silas: A questão não é ser contra os gays. A questão é ser a favor da família. Os gays são contra a família?

Ratinho: O internauta diz que na Bíblia fala que devemos amar o próximo e pergunta por que o senhor é tão cruel com os gays?
Pr. Silas: Uma coisa é criticar comportamento, que é o que eu faço. Outra é discriminar pessoas.

Ratinho: É verdade que o Conselho de Psicologia tentou cassar seu registro profissional?
Pr. Silas: Sim. Tudo por causa do grupo homossexual, que tentou tirar minha licença e ainda tirar do ar o meu programa de televisão. Não sou contra os gays, mas eles querem criminalizar quem é contra [seu comportamento]. Eles têm direito de ser [gay], e eu de ser contra.

Ratinho: É verdade que o senhor criticou Marina Silva?
Pr. Silas: Pior do que um ímpio é cristão que dissimula. Marina só deveria ter uma posição: ser contra o aborto. Mas ela “jogou para a torcida”. Ela disse que ia fazer plebiscito para ganhar apoio de evangélicos e não evangélicos.

1 comentários:

fortalezanando disse... [Responder comentário]

fernando pergunta: pastor Silas, porque o senhor desconversou quando o ratinho perguntou se o senhor é contra os gays, afinal a declaração de que "Deus fez macho e fêmea", traz implicita uma crtítica ao comportamento homossexual. Teria o senhor também dissimulado, algo que o senhor acusou a candidata Marina Silva.

Postar um comentário

Todo comentário deve seguir os critérios: estar relacionado ao assunto, ter identificação do comentarista e mesmo assim passa pelo nosso crivo daí decidiremos se devem ser publicados ou não.