terça-feira, 13 de dezembro de 2011

COBRAR CACHÊ PARA PREGAR O EVANGELHO É PECADO? DÊ A SUA OPINIÃO!


A COBRANÇA DO CACHÊ PARA PREGAR O EVANGELHO

O que você acha dos PASTORES PREGADORES que cobram altos CACHÊS para pregar o evangelho de Cristo? Aliás, exijam com ANTECEDÊNCIA que o pagamento seja feito em forma de deposito em suas contas bancaria, para depois irem pregar.

1. PREGAÇÃO EVANGÉLICA VIROU UM COMERCIO LUCRATIVO.
Lamentavelmente muitas pessoas irresponsavelmente estão deixando as suas profissões e tornando PREGADORES GOSPEL, visando única e exclusivamente o LUCRO FINANCEIRO, são pregadores, mas nunca foram convertidos a Cristo; na mente cauterizada dos depravados, a pregação do Evangelho de Cristo é uma fonte de LUCRO FACIL; e por isso descaradamente COBRAM altos valores para pregar. Esses supostos pregadores são os negociantes do Evangelho como diz Pedro.
2Pe.2.3 e, por avareza, farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.
2Pe.2.4  Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas,  havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o Juízo;

2. MUITAS IGREJAS FICARAM REFEM DOS PREGADORES GOSPEL.
Não são todas, mas, muitas igrejas atualmente ficaram reféns dos pregadores que COBRAM para pregar; eles viraram uma espécie de estrela “ídolo” com fã clube e tudo mais; e o Pr., da igreja diz: “Se não convidar o pregador de FAMA os irmãos não irão a igreja”; é simplesmente lamentável identificar postura como essa de alguns líderes da igreja; na verdade esse líder já perdeu a liderança a muito tempo; e por falta de comando na condução do rebanho contrata homem corrupto com o titulo de PREGADOR e com o dinheiro dos fieis pagam os altos cachês que os mesmos exigem. Você irmão que contribui financeiramente em sua igreja local, concorda com isso?
3. A NEGOCIAÇÃO PARA PREGAR O EVANGÉLHO
A negociação para pregar o evangelho é feita mais ou menos assim, o pastor liga e diz quanto você COBRA para pregar na minha igreja? Em outros casos o pastor liga e do outro lado da linha uma voz intimidatória de um suposto homem de Deus, o pastor lança o convite; e recebe como resposta “Irei pregar por tanto” oh amado dinheiro adiantado se não nada feito! O pastor responde perguntando  quanto pagarei? O pregador responde dizendo olha amado o senhor sabe que para sustentar um “HOMEM DE DEUS” não é tão barato, portanto, eu cobro (5.000,00) por mensagem; e olha o senhor fecha logo o contrato porque a minha AGENDA é cheia se o senhor não quiser tem muitas outras igrejas que querem; aliás, eu não tenho nem muito interesse em ir ai, mas, como é para o senhor ou vou neste preço; o pastor da uma pensada em trinta segundos e responde NEGÓCIO fechado.

4. VALORES COBRADOS PELOS PREGADORES GOSPEL.
Pregação gospel e aquela pregação que fala em Deus, mas Deus está muito longe do pregador; são pregadores corrompidos, adúlteros, pornográficos; avarento e que não tem nenhum compromisso com a igreja. Antes de escrever esse artigo fiz uma pesquisa de preços para ter noção básica dos preços cobrados por eles e cheguei aos seguintes valores:

A – 150.000,00 (pregadores importados dos Estados Unidos que pregam sobre a teologia da prosperidade)

B – 80.000,00 (pregadores vindo da Europa é mais barato porque segundo eles o cristianismo na Europa esta em baixa)

C – Brasil: Brasil é o celeiro dos PREGADORES GOSPEL onde eles chegam a faturar livre 80,000,00 mensal. Mas os preços não são fixo existem uma variação; mas o mínimo fixado por eles é 3.000,00 por mensagem; os valores variam porque os PREGADORES GOSPEL estão divididos em TRÊS CATEGORIAS:

- Pregadores ASTROS: São os de primeira classe, os famosos que exigem ALTOS CACHÊS, só hospedam em hotel CINCO ESTRELAS, não pregam em igrejas pequenas e para grupos pequenos. Cobram de 10.000,00 a 50,000,00 por mensagem.

- Pregadores ESTRELAS: É uma classe de pregador que não divergem muito dos astros, a divergência é apenas em relação aos valores cobrados que variam de 5,000,00 a 25,000,00 por mensagem.

- Pregadores ASPIRANTES: São aspirante ao posto de estrela e astro, está no mesmo caminho deles como ainda não chegou ao degrau superior tem as mesmas exigência das outras duas classes porem, cobram mais barato algo em torno de 3,000,00 a 15,000,00 por mensagem.  

5. DEUS, A IGREJA E OS PASTORES.
Deus é o autor da igreja, ele criou a Igreja, e deu a igreja pastores, para que estes cuidassem dela; mas estamos vendo o contrario.

A – Deus com certeza não esta satisfeito com essa negociação espúria do Evangelho de Cristo, o Evangelho devem ser pregado por homem temente a Deus voluntário e gratuitamente; mas Deus esta atento a tudo isso, cf. Rm.1.18  Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda impiedade e injustiça dos homens que detêm a verdade em injustiça;

B – A igreja não precisa de pregadores estrela, aspirante ou astro, precisa sim de homem temente a Deus com visão evangelistica, fervoroso no espírito ganhadores de alma, de homem que sabe o que é apascentar o rebanho de Deus; a Igreja de Cristo não está satisfeita com atitudes de certos lideres que estão negociando o sagrado.

C – Nós os pastores precisamos abrir os olhos, principalmente quem preside a igreja, saber que o dinheiro não é dele é da igreja, e é santo. Estão cometendo um grande pecado aqueles que usam o dinheiro da igreja para contratar PREGADORES GOSPEL. Cobrar para pregar o Evangelho de Cristo é PECADO, e quem paga peca mais ainda, o juízo será maior para quem PAGA. Senhores pastores vamos dar um basta nestas gentes descompromissadas com o reino de Deus; não convida pregadores que cobram para pregar em sua igreja; o Evangelho deve ser pregado por amor a Cristo com homens fiéis a Deus, a família e a igreja, existem milhares de homens de Deus que não se corromperam e que pregam a Cristo vivo e ressuscitado, e que não cobram para pregar estão apenas esperando uma oportunidade.

CONCLUSÃO.
O que você leitor acha dessa cobrança imposta pelos pregadores gospel? Eu particularmente não concordo em cobrar, estipular valores para pregar o Evangelho, fazer o Evangelho negócio, se o individuo que ganhar dinheiro ele terá que fazer outra coisa e não ser pregador do Evangelho. Eu quero ver a sua opinião! Deixe aqui o seu comentário. 

Autor do Texto
Mauricio Brito, é pastor, pedagogo, psicopedagogo, professor especialista em comportamento humano, teólogo, prega o Evangelho de Cristo por mais de 20 anos, professor de teologia sistemática na cadeira de Antropologia Biblica. Fone para contato 69 92244161 ferreirabrito.mauricio@gmail.com

Autor do Livro Antropologia Biblica

4 comentários:

João Dórea disse... [Responder comentário]

Pr. Maurício Brito,


É uma satisfação enorme comentar em seu blog, já divulgo-o no meu blog:www.expressandoaverdade.blogspot.com

Bem, este assunto despensa cometários, pois é ante bíblico, de graça recebeste de graça dai.

Intinerância é pela Fé e não por força, quem cobra é porque não foi chamado, e esta prática expõe sua falta de Fé.

Em Cristo.

JCavalheiro disse... [Responder comentário]

Parabéns Pastor Maurício!

O Pastor falou o que muita gente gostaria de dizer mas não tem voz. De jeito nenhum concordo com essa negociação que estão fazendo do "evangelho". Para justificar suas explorações estribam-se em palavras do apóstolo que diz: "Quem trabalha no evangelho, viva do evangelho", mas o Apóstolo Paulo não disse: ENRIQUEÇA DO EVANGELHO. Um dia isto acabará. Pouco ou nenhum galardão haverá para muitos mega-pregadores de nossos dias.
Deus continue a abençoá-lo nesta suas posições em defesa do genuíno Evangelho.
Aceite um abraço deste seu irmão e amigo...

Pr. João Q. Cavalheiro
www.aramasi.blogspot.com

PR MAURICIO BRITO disse... [Responder comentário]

Ola Nobre coelga João Dórea, muito obrigada pela participação.
abraços em Cristo

PR MAURICIO BRITO disse... [Responder comentário]

Ola Pr João Cavalheiro, agradeço sua contribuição a este humilde blog.
abraços em Cristo.

Postar um comentário

Todo comentário deve seguir os critérios: estar relacionado ao assunto, ter identificação do comentarista e mesmo assim passa pelo nosso crivo daí decidiremos se devem ser publicados ou não.